Página Inicial > Apostila De Biologia 2° Ano > Apostila De Biologia 2° Ano

Apostila De Biologia 2° Ano

Pág. 3

Para começo de conversa

R: Células

Pág. 4

3- o que tinha vida e o que não tinha.

4- formados por células: cavalo, peixe, humano, cão, gato, pássaro, arvores, sementes, flores, grama, célula.

Não formados por células: prédio, cadeiras, pedras, CD, botas, roupas, coroas, laço, nuvem, água, cortiça {morta}.

5- em todo corpo dos seres vivos órgãos, tecidos, sistemas e etc.

Pág. 4

1) seres vivo, cavalo, 2 cachorro, 1 gato, peixes , pássaro

2) cadeira, partes do carro, rolha e etc

3) as células e o ciclo vital

Pagina 5

Estruturas comuns das células

a. membrana plasmática, mitocôndrias, núcleo, ribossomos, citoplasma, lisossomos, reticulo endoplasmatico liso e rugoso, complexo golgiense.Vegetal:cloroplasto, parede celular. Animal: centríolos.

b. idem as semelhanças a letra A.

Pág.08

Lição de casa

01- unidades estrutural e funcional básica do seres vivos: membrana, citoplasma e o núcleo.

02- é que cada órgão tem um tipo de célula especificada

3-
A – eucariontes
B-eucarionte
c-procarionte

b-) A= vegetal
b=animal
C=metocôndrias

Comparando células
1-O comum entre todas as células e que elas tem vida
-
Estrutura comum das células

a) Semelhanças- Todas tem núcleo, membrana e citoplasma
Diferencas- Elas tem a forma e o tamanho diferentes…

b) Núcleo, membrana e citoplasma.

Tabela

Pág. 8

…………….Paramecio..Ameba…………Vegetal……..Animal
————————————————————-
Tamanho=pequena…pequena………Grande………grande
————————————————————-
Formato=ciliada………irregular………quadrada…..redonda/
————————————————————-
Estruturas
presentes=nucleo……..vacuolo……….complexo……….nucleo
……………..vaculo……….Pseudópode..golgiese………..nucleolo
……………..membrana…nucleo……….membrana P……mitocondria
………………citoplasma……………………parede C………….
…………………………………………………….citoplasma………
…………………………………………………….mitocondria…….
…………………………………………………….cloroplasto……..
…………………………………………………….peticulo…………..
…………………………………………………….endoplanetro….
————————————————————-

Pág 8

1.Cada uma das unidades microscópicas de protoplasmas que integram o corpo da grande maioria dos seres vivos; formadas por núcleo, citoplasma e membrana (e mais a parede celular, nos vegetais); unidade fundamental da matéria viva. Col: tecido (quando diferenciadas igualmente).

2. As células são de diferentes tamanhos, pois cada uma têm uma função diferente da outra.

Pág. 09

Exercício 3

A) Eucarióticas: A e B.
Procarióticas: C

B) A = Animal
B = Planta

C = Bactéria

Pág. 9

COMPARANDO CÉLULAS

1 – Todas células tem DNA , ribossomos e membrana plasmática.

Pág 9

3.
a)Eucarióticas: A e B. Procarióticas C.
b) A= animal, B= planta, C= bactéria.

1) Compare as definições de células que vc e seus colegas encontraram. Verifiquem o que há em comum entre elas.
Resposta: O comum entre elas é que elas têm vida.

Página 10

1- a) Célula B

b) Célula C

Página 11

3- Organelas

4- Bactérias: DNA, ribossomos e membrana.

Animal: DNA, ribossomos, membrana, citoplasma, núcleo, golgi, RER, REL, lisossomos e mitocôndrias.

Vegetal: DNA, ribossomos, membrana, citoplastos e parede celular.

Pág 11

A – Intercambio de substancias, facilita ocorrência de reações químicas.
B – Armazenamento e secreção de substancias
C – Respiração celular
D – Armazenamento de clorofila
E – Digestão intracelular

Pág. 11

A) tem a função de possibilitar o transporte de substâncias no interior das células.
B) tem a função do armazenamento de substâncias dentro das células.
C) tem a função de queimar açúcares para a liberação de energia. Poderia ser
comparado com máquinas que queima combustível.
D) a função é fazer fotossíntese para a produção de açúcares “combustível” .
E) a função é fazer a digestão de substâncias no interior das células.

Pág. 11

1.
a) transporte de material dentro da célula, síntese de proteínas.
b) acúmulo e eliminação de secreções; síntese de carboidratos.
c)respiração
d)fotossíntese.
e)digestão intracelular.

Página 12


A) Ruas e avenidas

B) armazéns

c) central elétrica

D) casas com aquecimento solar

E) restaurantes e lanchonetes

Página 12

2)
a) semelha-se a rua avenida, porque por eles circulam proteínas, lipídios importantes para diversas funções celulares.

b)parece-se com um armazém, porque processo embala estaca proteínas que serão enviada
s para certas regiões da célula ou para fora dela.

C) estão relacionadas com a central energética , porque nelas aconteceu a produção de ATP
moléculas que será empregada em diversos processos celulares.

D) este é comparável a uma casa com aquecimento solar, porque observe do sol (ou da luz)
a energia e a transforma em açucares que posteriormente serão oxidados para a geração
da energia calor.

E)podem ser classificado como restaurante e lanchonete, pq neles ocorre o processo de digestão celular.

Pagina 12

De célula a tecido
1: Um conjunto de células semelhantes que executam a mesma função.existem 6 tipos de tecidos, musculares, nervosos, epiteliais, ósseo, sanguíneo, cartilaginoso.

Pagina 13

2: tecido é o que une células iguais (faz um conjunto) que executam a mesma função.
3: figura A e D.

Pág. 13

2) tecido é o que une células iguais (faz conjunto) que executam a mesma função.
3) situaçoes A D C

Pág. 14

O corpo humano é considerado complexo e é dividido em sistemas ,cada sistema possui órgãos com determinado objetivo dentro deles existe tecidos que servem para unir as células semelhantes para executar determinadas funções.

Pagina 14

4: O corpo humano é considerado complexo, é dividido em sistemas cada sistema possui órgãos com determinado objetivo, dentro deles existe tecidos que servem para unir as celular semelhantes para executar determinada função.

Pagina 15

Você aprendeu?

1: D

Págs. 15 e 16

1-D

2-
A-) As mitocôndrias produzem energia que é usado tanto pelos hospedeiros como pelas células normais. E as células oferecem alimentação e proteção para as mitocôndrias.

B-) Por causa dos cloroplastos que as arvores podem renovar o oxigênio,capturamos
o gás carbônico e transformam em oxigênio.

3-E

Pagina 16

A: As mitocôndrias são organelas presentes em todas as células eucarióticas podendo ter formas e tamanhos variados, possuem grande mobilidade, localizando-se em sítios intracelulares onde há maior necessidade de energia, pois sua função principal é a produção de ATP.O ATP é uma molécula constituída por uma adenina (purina), uma ribose e três grupos fosfatos,o ATP funciona como transportador de energia dos processos libertadores dela para as atividades celulares básicas que requerem energia.
B: eles simplesmente são responsáveis por toda a energia orgânica que circula no meio ambiente, uma vez que são responsáveis pela fotossíntese.

Pág. 17 e 18

4)

1- Núcleo da célula, (a) DNA (b) RNA ,
2 e 3´- Energia ( mitocôndrias)
4- Ribossomos
5- Cloroplasto
6- Complexo de golgi
7- Visícula segretora
8- Membrana plasmática

Pág. 17

5) 1. Celula eucariotica(modelo: barbante em torno da bexiga vazia seria a membrana plasmatica, bexiga vazia seria o citoplasma e uma tampa de garrafa seria o nucleo).
2. Célula procariotica ( modelo: barbante em torno de uma bexiga vazia seria a membrana plasmatica e a bexiga seria o citoplasma).

Página 17

4)

1- Núcleo
1- a) DNA
1- b) DNA
2- Complexo de golgi
3- Mitocôndria
4- Ribossomos
5- Cloroplastos
6-Complexo de golgi
7- Retículo Endoplasmatico
8- Membrana Plásmatica

5)desenha um NUCLEO com um X dentro dele que vai ser representado uma célula procariótica

o NUCLEO é a bexiga (membrana celular)
o X DNA (canudinho)

desenhe outro NUCLEO mas com dois XX dentro dele que vai ser representado uma célula eucariótica

o NUCLEO é a bexiga (núcleo)
o XX canudinho (DNA)

Pág. 17

4)
1-DNA
2-RNA
3-Mitocôndria
4-ribossomos
5-cloroplastos
6 e 7-complexo de golgi
8-membrana plasmática

Pág. 18

6- Célula procariótica Célula eucariótica
membrana plasmática + +
material genético + +
DNA + +
Citoplasma + -
complexo golgiense + -
mitocôndrias + -
retículo endoplasmático + +

7-a
8-b

pág. 18

6)

Células procariótica célula eucariótica
+ +
+ +
+ +
+ +
– +
– +
– +

7 – letra (A)
8- letra (B)

Pág. 20

*Por que será que Schleiden e Scwan propuseram a hipótese?
R: Porque analisaram uma data de trabalhos e notaram que todos os tecidos vivos até aí estudados eram constituídos por essa unidade fundamental.

*Será que ela se baseava em algum conhecimento anterior?
R: Sim, pois Schleiden e Schwann não fizeram nenhuma descoberta brilhante, limitaram-se a sintetizar as idéias dos seus colegas de trabalho ao formularem a Teoria Celular.

*Na época o que se sabia a respeito das células?
R: Nada, pois eles nem faziam idéia que elas existiam.

*Como eram os procedimentos médicos?
R: Os primeiros praticantes da Medicina utilizavam ervas medicinais, efetuavam cirurgias como a trepanação craniana, realizava rituais de cura, e sabiam como facilitar os partos.

*Você já ouviu falar em sangrias que eram feitas empregando-se sanguessugas?…
R: Sim, para purificação do sangue e evitar doenças. Porque em casos de feridas e infecções as sanguessugas foram usadas e com bons resultados.

*Será que já se sabia que bactérias e vírus são responsáveis por muitas doenças humanas?
R: Não, pois sequer se sabia que eles existiam e como foi dito anteriormente as doenças eram interpretadas como humores.

*E com relação aos seres vivos, em quantos reinos se agrupavam?
R: Em apenas dois: o dos animais e o das plantas.

*O que mudou após a teoria celular?
R: Depois da teoria celular os estudos foram ficando mais fáceis.

*Por que a célula não foi observada antes?
R: Porque os aparelhos de observação eram muito rudimentares, não podendo assim ser observadas tão facilmente.

*Quem foram Robert Hooke e Anton van Leewenhoek?
R: Robert Hooke era um físico e membro da Sociedade Real, já Anton van Leewenhoek era um comerciante que vendia tecidos.

Pág. 21

1 – difusão.
2 – fagocitose
3 – osmose.

Pág 21

1) Caso tivéssemos a mesma composição ou uniforme dos porteiros teríamos Trânsito livre sem nenhuma importunação.

2) Sendo bem relacionados com os porteiros eles estariam liberando/autorizando a entrada e saída sem exigir nenhuma identificação.

3) Sendo pequenos poderíamos passar pelas frestas ou fendas da porta de entrada da célula sem sermos observados.

Pág. 21

1-difusão
2-fagocitose
3-osmose

PAG. 21

1. A gente se dissolve na água, passaríamos direto.
2. Apresenta o ponto de alguma identidade, passaríamos direto
3. Iríamos passar sem que ele nos notasse e poderíamos sofrer conseqüências, por conta do tamanho

PAG. 22

1. O papel da membrana em relação á entrada e saída de substancias da celula.Elas caracterizam a permeabilidade seletiva da membrana.
2 É a capacidade da membrana de selecionar criteriosamente o que deve entrar ou sair dela.

Pág. 22

1) Estão relacionadas ao caráter seletivo, isto é, ela atua escolhendo criteriosamente as substâncias que entram e saem da célula.

2) A permeabilidade é a passagem de fluidos, líquidos e gases que ocorre de uma maneira seletiva através da membrana plasmática.

Pág. 22

1- permeabilidade da membrana
2- a membrana das células eucarióticas é seletiva e semipermeável, ou seja, determina quem pode ou não “entrar”

Pág. 22

1.controla a passagem de substancias

2.permita a passagem de solventes e alguns solutos.

Pág. 23

5) É um processo que separa o que está dentro e o que está fora. Ela é importante para a seleção do que entra na célula.

Pág. 23

1-o que entra e sai da célula
2-através do processo de difusão
3-ela poderá “explodir”

Página 25

1. Permitiu a individualização dos organismos.

2. permeável, seletiva, ativa, passiva, pequena.

Pág. 25

1) em plantas elas absorvem nutrientes presentes no solo.Quando tudo era apenas um caldo orgânico, ou uma ‘sopa’ primitiva, as primeiras formas surgiram depois da existência da membrana.

2)
1° mt fina
2° importante
3° permeável
4° espessura mínima
5°transporte ativo e passivo
6° controlar a entrada e saída

Pág. 26

1-a
2-e
3-c

Pág. 26

1. A
2. E
3. C
4.a) Os paramécios possuem uma estrutura chamada vacúolo contrátil ou pulsátil que elimina o excesso de água que entra por osmose.

Pág. 26

4)
a) os paramécios eliminam o excesso de água que adquirem pela osmose.
b) a estrutura que evitou sua reestrutura é a parede celular.
Pesquisa individual – pág 30
1 – oxigênio.
2 – gás carbônico.
3 – a planta precisa de luz para gerar oxigênio e sem este eles morreriam.
4 – a) C = carbono, C6H12O6 = glicose, O2 = oxigênio, H2O= água e Co2= gás carbônico.
b) transformação do H2O+CO2 em C6H12O6+H2O.

Pág. 26

3)
alternativa B

Página 26

1)b
2)e
3)c

Página 27 

a) paramécio são protistas de água doce possuem vacúolos pulsais. por meio dessas estruturas, podem eliminar o excesso d’água que adquirem do meio, por osmose, mantendo seu volume inalterado.
b)a estrutura presente nas células da raiz da cebola, que evitou sua ruptura, quando estavam tingidos , é a membrana celulósica. o tubo que contém hemácias fica avermelhada pq, apos o rompimento, essa célula liberam seu conteúdo por hemoglobina, pigmento de cor avermelhada.
5- durante a alimentação desse ser unicelular, a membrana engloba o alimento, permitindo que ele seja coletado, ingerido pela célula

pág. 27

4)
a- pq ele já vive na água

b- núcleo. pq ñ tem núcleo e se rompeu

Página 26 e 27 (você aprendeu)

1. B
2. E
3. B
4. a) Porque os paramécios têm vacúolo (assim como a célula vegetal), que já concentra H2O .
b) A parede celular e o vacúolo, porque as hemácias tê, hemoglobina (pigmento vermelho que dá cor ao sangue) .

5. Esse processo chama-se Função de Reconhecimento.

Pág. 27

5-fagocitose é onde a célula emite os pseudópodos (falsos pés), engloba partículas sólidas e desenvolve o fagossomo com função de digestão.

Pág. 28

Definindo Fotossíntese

1 – (não importa a ordem das palavras.)
luz, processo, água, gás carbônico, clorofila, glicose.

Página 28 e 29 (para começo de conversa)

Porque a planta, ao respirar, libera gás carbônico á noite, tóxico para os seres vivos (se em excesso).

1. Luz, gás carbônico, clorofila, água, glicose, processo .

2. a) A falta de oxigênio, e a grande quantidade de gás carbônico .
b) Que a planta produz oxigênio para a respiração do rato (seria comensalismo) .
c) Errada, pois o gás carbônico só é tóxico se produzido em excesso.
d) Não, pois sem a planta o rato morre.
e) Campânula, planta, rato, luz e oxigênio.

Pág. 29

2-
a)a planta libera oxigênio, e sem a planta dentro da campânula fechada, o rato ficou sem oxigênio e morreu

b)a planta passa oxigênio para o rato, e o rato passa gás carbônico para a planta

c)ñ faz mal

d)ñ. o experimento mostra q a planta facilitou para q rato ficasse vivo dentro de um local fechado

e)luz, planta outro tipo de ser vivo e algum tipo de recipiente fechado

Pág. 29

2-
a)a planta libera oxigênio, e sem a planta dentro da campânula fechada, o rato ficou sem oxigênio e morreu
b)a planta passa oxigênio para o rato, e o rato passa gás carbônico para a planta
c)ñ faz mal
d)ñ. o experimento mostra q a planta facilitou para q rato ficasse vivo dentro de um local fechado
e)luz, planta outro tipo de ser vivo e algum tipo de recipiente fechado

Pág. 29

2 – a) a falta de oxigênio.
b) a planta produz oxigênio para o rato.
c) errada.
d) sim porque ela produz oxigênio para respirarmos

Pagina 30

5- Agora , desenvolva em seu CADERNO um pequeno texto , explicando o processo da fotossíntese.
Os seres autótrofos apresentam clorofila e fazem fotossíntese.
Para que ocorra a fotossíntese são necessários: Clorofila + Luz + Gás Carbônico + Água + Sais minerais.
Com a fotossíntese são produzidos: Alimento (glicose que é um tipo de açúcar) + Oxigênio.

Página 30 e 31 (pesquisa individual)

1. O oxigênio .

2. O gás carbônico.

3. Sem a luz a planta iria fazer o processo de respiração (liberando CO2) normalmente, assim como o rato, e por isso morreriam.

4. a) H2O = água . CO2 = gás carbônico . C3H12O6 = glicose . O2 = oxigênio .
b) Significa a transformação que ocorre na fotossíntese .

6. Local na planta onde occorrem os processos > Fotossíntese R- ao ar livre, durante o dia. Respiração R- “escuro”, durante á noite .

Produtos > Fotossíntese R- glicose, oxigênio e água . Respiração R- gás carbônico e água .

Equação > Fotossíntese R- CO2 + H2O —> luz, clorofila <— C6H12O6 + O2 + H2O . Respiração R- C6H12O6 + O2 -> CO2 + C6H12O6 + H2O

7. O abudo fornece sais minerais, para que a planta cresça .

Pág. 31

6-
FOTOSSINTESE

Local na planta onde ocorrem os processos = Na raíz
Produtos= O= Oxigênio C= Carbono H= Água Luz = Energia Solar Clorofila= Gligose
Equação= 6CO2+6H2O LUZ—>CLOROFILA C2H12O3+6O2

RESPIRAÇÃO

Local na planta onde ocorrem os processos = Nas folhas das plantas
Produtos= 02 Oxigênio
Equação= C6H12O6 + 6 O2 -> 6 CO2 + 6 H2O + energia

7-
A planta retira o alimento dos minerais contidos na terra.. Análises do solo podem indicar deficiência de algum tipo e neste caso o adubo serve para corrigir a deficiência do solo e manter a planta sadia e em desenvolvimento.

Página 32 e 33 e 34 (você aprendeu)

1. b)

2. d)

3. b)

4. A Terra têm mais água, por causa disso a Amazônia não purifica todo o ar .

5. Mitocôndria faz a respiração celular.

PAG 35

Pesquisa individual

1- A ovelha Dolly, foi o primeiro mamífero a ser clonado com sucesso apartir de uma célula adulta.
2- Porque Dolly foi gerada a partir de células mamarias de uma ovelha adultacom cerca de seis anos, através de uma tecnica conhecida como transferencia somática de núcleo
3- O Ácido Desoxibonucléico ( DNA ) é uma cadeia de nucleotídeos q contem a carga genética e o processo d clonagem sempre utiliza esse DNA, no caso da ovelha Dolly um núcleo de uma célula da glândula mamária de uma ovelha foi colocado num recipiente, um óvulo de outra ovelha daí retirou-se seu núcleo e implantou o núcleo da célula mamária no óvulo anucleado e fez uma pequena carga elétrica prah fundi-los e implantou-se o óvulo fecundado na parede do útero de outra ovelha q é chamada d ovelha doadora!

Pág. 35

Pesquisa individual

1- A ovelha Dolly, foi o primeiro mamífero a ser clonado com sucesso apartir de uma célula adulta.
2- Porque Dolly foi gerada a partir de células mamarias de uma ovelha adulta om cerca de seis anos, através de uma técnica conhecida como transferência somática de núcleo
3- O Ácido Desoxibonucléico ( DNA ) é uma cadeia de nucleotídeos q contem a carga genética e o processo d clonagem sempre utiliza esse DNA, no caso da ovelha Dolly um núcleo de uma célula da glândula mamária de uma ovelha foi colocado num recipiente, um óvulo de outra ovelha daí retirou-se seu núcleo e implantou o núcleo da célula mamária no óvulo anucleado e fez uma pequena carga elétrica prah fundi-los e implantou-se o óvulo fecundado na parede do útero de outra ovelha q é chamada d ovelha doadora!
(se quiser resumir)

Pagina 35

1-Ela foi o primeiro mamífero a ser clonado
2-Uma célula quiescente foi fundida com um ovocito sem núcleo , depois houve a multiplicação das células e a introdução dessa célula no útero de outra ovelha
Pesquisa individual
1- porque a mãe deu espaço para células se reproduzirem
2-porque ela é geneticamente igual a ovelha doadora e não a mãe de aluguel
3- o material genético

PAGINA 36

1- morreriam , porque sem a mitose não ocorre manutenção da vida
2-aconteceu devido a mitose , a célula foi se dividindo para formar novas células

PAG. 36

1- Eles morreriam, porque sem a divisão celular não ocorre manutenção da vida

2 – Aconteceu devido a divisão celular

Pág. 36

1- Eles morreriam, porque sem a divisão celular não ocorre manutenção da vida

2 – Aconteceu devido a divisão celular
4- osmose é a passagem de um liquido de um meio menos concentrado para um meio mais concentrado, buscando o equilíbrio

Pág. 37

3.)A divisão das células que já tinha.
4.)Isso ocorre devido a divisão das células já existentes em seu organismo.
5.)A divisão e multiplicação das células.

PAGINA 37

3-a mitose , depois de retirado parte do fígado as células se dividiram para formar um novo
4-através da divisão celular , enquanto uma célula morre outra nova é produzida
5-enquanto varias hemácias morrem por dia outras muitas são produzidas para repor , por isso o numero total de hemácias não muda muito
6- a célula mãe se duplica em células idênticas chamadas células filhas , este processo é chamado de mitose

PAG.38

6.)Esse esquema mostra uma divisão e a multiplicação de uma célula mãe gerando duas células filhas.

PAG.39

1.)Sim, porque a partir da divisão de células é feita a mitose.
2.)A célula.

Pagina 39

1- sim, minhas hipóteses foram baseadas na mitose e é esse o assunto do texto
2- uma célula
3- os dois tem relação com a vida . a biogênese era vida que vinha de algo sem vida e a mitose e a multiplicação das células
4- usando a multiplicação das células, o tumor usa a mitose para crescer

PAG.40

3.)Mitose é o processo de divisão das células e a biogênese é a formação de uma vida a partir de outra.
4.)Que qualquer problema em uma das etapas do ciclo da mitose pode levar a multiplicação excessiva de células causando o tumor.


LIÇÃO DE CASA
1.)A importância da mitose em nossas vidas , é que é esse processo que renova e reconstrói alguns tecidos do corpo humano.Esse processo não é só realizado nos seres vivos , e sem esse processo não haveria vida.

PAGINA 40

1- o corpo humano é formado por infinita células. a mitose permite a manutenção das células de todo o corpo , repondo as células mortas

PAGINA 41

1- faria copias idênticas da informação no papel
2-o material genético tem que ser dividido igualmente para as células filhas
3-o núcleo abriga o material genético , ele é fundamental para a reprodução

página 41

ciclo celular e câncer.
1)fariam copia da original
2)ocorrer uma duplicação

Pág. 44

DIVIDIR A CELULA aumenta o crescimento da célula.Ou seja Mitose desconsolada

Pagina 45

2- E

PAGINA 46

1- D
2- B
3-duas células e um cromossomo , elas serão geneticamente iguais
4-a radiação pode ter afetado a multiplicação das células , fazendo o câncer crescer mais rápido
Volume 2

Pagina 4 

5) As células estão localizados em toda a extensão do corpo,formando os órgãos, tecidos e etc.

Pág. 4 

1-Se a criança não ouve, como decorrência ela não aprendera
a falar ou a pronunciar corretamente.

2- Devido aos cuidados da Gestante com o Bebê a vacinação de Ambos
contra doenças como Rubéola e Meningite Ajudam a Diminuir esse índice.
E o acompanhamento médico durante a Gestação.

3-
*Longa exposição a sons de volume alto
*A Rubéola (Principal causadora)
*Meningite
*Alteração no DNA

4- Quando mulheres em Idade fértil se vacinam contra a Rubéola. E quando Crianças com até 2 anos de idade são vacinadas contra a Meningite.

Pág. 5 

*Genética
*Hereditária
*Genética
*Genética
*Adquirida
*Genética

PAG 5 

cor dos olhos : genética
idioma: adquirido (você fala o que você aprende)
cor do cabelo: genética
barba: genética
gripe: adquirida
inteligência: adquirida ( você não herda inteligência você que estuda e fica esperto.)

Pág. 5 

Estruturas comuns as células

A)semelhança é que ambas tem nucleo e vaculo, e também são protozoários.A diferença é que paramercio tem mais complemento que a ameba.

B) Elas tem em comum é que elas tem as 3 principais características de uma célula:membrana, atoplasma e nucleo.

Pág. 7

1-Ele argumentava q os filhos reproduzem características físicas de seus Pais Ex: Cor dos Olhos, Estrabismo e até mesmo doenças que hoje sabemos que não são Hereditárias.

2-Através de Semens (Sementes) Produzidas pelos pais.

3- Considerava Plausível, mais rejeitava pois se o ”poderoso” argumento que constava a produção de partículas percussoras pelos pais, deveríamos esperar pessoas com duas cabeças quatro pernas e etc.

Página 7

1 Pangenese são pequenas partículas que é doada para os filhos .partículas por ex: que da a cor dos olhos , dos cabelos etc.

2)No sêmem existe substancia e essa substancia é responsável pela hereditariedade.

3) Aristóteles ele não concordava com as idéias de Hipócrates sobre a pangenese…

Pagina 8

A – Ele explicaria que são partículas pequenas que eram transmitidas para a descendência no momento da concepção.

B- A cor da pele seria branca, pois os filhos reproduzem características dos pais

C- Ele explicaria que a cor da pele foi adquirida com o tempo.

Página 8

Lição de casa

a) mecanismo de mudança evolutiva
b) clara, porque os filhos reproduzem a característica dos pais
c) mecanismo de mudança evolutiva.

PAG 8

Lição de casa

1) representa a menor proporção da matéria viva. São as unidades estruturais e funcionais dos organismo vivos.

2) Elas são diversidades diferentes por que cada uma é de um tipo e constituem seres vivos diferentes.

3) a) A eucarióticas
B eucarióticas
C procarióticas

B) a célula C é do reino monera, a célula B é do reino Animália e a célula A é do reino vegetal.O que diferencia a B da A é o cloroplasto

Página 9

• para Aristóteles, existia uma base física, da hereditariedade no semem produzido pelos pais. Essa ideia foi fundamental para o desenvolvimento do fenetica. Passou-se a considera a hereditariedade como o resultado de transmissão de algum tipo de substancia pelos pais.

VOCÊ APRENDEU?
1) d
2) e
3) e

4) normal, pois ele adquiriu músculos com atividades físicas
5) porque não é genético

Página 9

1 – (d) adquirida.
2- (e) possuem …..
3- (c) ela ….

4 – iria nascer uma criança musculosa semelhante ao pai.

5- Por que é algo se faz na pele , não é algo que se carrega no DNA.

Página 9

Lição de casa

1- d
2- e
3- e
4- nasceria forte como o pai
5- Porque tatuagem é congênita

Pág. 12

1-Bela, Levi e Ruben.
2-Os hormônios e as células.
3-Por causa da sua espécie.

Página 12

1-bela,levi e ruben,por que apenas eles tinham filhotes malhados

2- eles apresenta genes para característica malhadas dos seus ancestrais

3-através dos genes que estão contidos nos gametas,óvulos e espermatozóides

Pág.13

1-Mendel percebeu que teria que conhecer os fundamentos da herança biológica para depois aprender o fenômeno da evolução.
2-Porque não tinha conhecimento.

pág.15

aa AA
Aa aA Aa aA
Aa,aa

aA ou AA aa ou AA

Pág. 16

A a
A- AA Aa
a Aa aa

25% lisa pura
50% lisa híbrida
25% rugosa

PÁG 17

O1.Mendel cruzou a ervilha lisa com a rugosa para ver as características.
O2.Ele cruzou lisa com a rugosa, aí nasceu as híbridas que depois foram cruzadas com as mesmas.
O3.AA = Ervilha Lisa
aa = Ervilha Rugosa
O4.A recessiva aparece apenas em dose dupla e a dominante em híbrida.

Página 18

Você Aprendeu?

1. Podemos supor que elas são híbridas (misturadas)

Página 19 

1ª Tabela:
JAMES WATSON – AA
FRANCIS CRICK – aa
THOMAS MORGAN – Aa
ROSALIND FRANKLIN – AA
BARBARA MCLINTOCK – Aa
LYNN MARGULIS – AA

2ª Tabela:
É só colocar os genes da tabela a cima.

2. Francis e Barbara, pois 50% dos descendentes podem ser malhados.

Página 20

3. Dominante: preto; Recessiva: malhada; Homozigotas: James, Francis, Rosalind e Lynn; Heterozigotas: Thomas e Barbara.

Página 21

VOCÊ APRENDEU?

1. alternativa (a)
2. alternativa (c)
3. alternativa (c)
4. questão a- recessivo, pois essa doença atinge apenas 1 em cada 12 mil recem-nascidos no Brasil.
b- pelo fato de haver casos na família dos dois.
5. questão a-
Tabela 1:
♂ A A

a Aa Aa

a Aa Aa

Tabela 2:
♂ A a

A AA Aa

a Aa aa

questão b- A proporção de plantas ovias é 25%

Página.21

1.a
2.c
3.c

Página 23

1. _____duas______
2.________são iguais______
3.___________________o corpo.

Páginas 24 E 25

Pesquisa Individual

1. Porque se esse processo ocorresse na formação dos gametas em cada fecundação, seria produzidos indivíduos com o dobro de cromossomos de seus pais e assim sucessivamente.

2. É mantido, porque na formação dos gametas, ocorre o processo de divisão que produz células-filhas com a metade do numero de cromossomos da célula-mãe.

3. Meiose: é um tipo de divisão celular que só ocorre nas células reprodutoras, onde uma célula-mãe da origem a quatro células-filhas (gametas)

4. A duplicação de cromossomos. O emparelhamento dos cromossomos homólogos. A permutação cromossômica. A separação dos cromossomos homólogos e a separação das cromatides-irmãs.

5. Na interfase, que antecede a Meiose I, todo material genético é duplicado. por essa razão cada cromossomo passa a possuir duas cromátides.

6. São cromossomos iguais entre si e juntos formam um par. O emparelhamento ocorre quando eles já estão duplicados e estão iniciando a sua condensação.

7. Os homólogos se separam e migram para pólos opostos da célula,originando duas células.

8. Na segunda divisão da Meiose (Meiose II), as cromatides-irmãs separam-se migrando para pólos opostos, sendo incluídas em células diferentes de modo que, ao final da meiose, há formação de quatro células haplóides ou gametas.

Página 36

3; (a): 50%.
(b): Não, continua 50%.
(c): Nenhuma, pois Ricardo e Beatriz são homozigotos para o tipo de cabelo e só podem ter filhos com cabelos enrolados. No entanto, a chance de nascer uma criança com sardas seria de 75%.

Páginas 36/37 e 38.

VOCÊ APRENDEU?

1: (b)
2: (c)
3; Exercício (a): Falso, pois o casal de olhos azuis, recessivo, não podem ter filhos de olhos castanho.
(b): Afirmação verdadeira, desde que um dos avós maternos também transmita o alelo recessivo para a mãe.

4: (d)
5: (a): Aa x Aa
(b): 25%

Página 41

1: 1865 – Publicação dos trabalhos de Gregor Mendel.

1891 – Hermam Henking descreve o cromossomo extra em células.

1902 – Clarence e Mc Clung associa a herança de um cromossomo extra à determinação do sexo.

1905 – Edmund Beecher Wilson e Nettie Maria publicaram, respectivamente, os artigos “Os cromossomos em relação à determinação do sexo em insetos.” e “Estudos na espermatogênese com referência especial ao cromossomo acessório.”

2005 – A revista britânica Nature, tráz dois artigos com os resultados do sequenciamento do cromossomo X e a determinação de seu padrão de expressão genética em homens e mulheres.

2: A teoria serviu para explicar a determinação do sexo de todos os seres vivos. No entanto, esse exemplo mostra a determinação do sexo pode ser ambiental e não genética, como estava sendo proposto.

3: Pode ser por um corpúsculo estranho, desconhecido até então, ele recebeu o nome de “X”.

4: Henking não acreditou que o corpúsculo descrito fosse um cromossomo devido à sua morfologia distinta, ao fato de não parear com outros cromossomos durante a meiose e de estar presente em apenas metade dos espermatozóides resultantes.

5: São aves de sexo feminino.

6 São mamíferos de sexo feminino.

7: No ZW/ZZ, as fêmeas apresentam dois cromossomos sexuais distintos. No XY/XX, são os machos que apresentam dois cromossomos sexuais distintos. O ZW/ZZ é comum em aves e o XY/XX, em mamíferos.

8: O texto discute como é a determinação do sexo: genética (pela presença de cromossomos específicos) ou ambiental (pela temperatura).

Págs 42 e 43

LEITURA E ANÁLISE DE IMAGEM

1: De uma mulher, pois apresenta apenas dois cromossomos X.
2: Estão representados 46 cromossomos.
3: O tamanho dos cromossomos, do maior para o menor, exceto os sexuais.
4: Um cromossomo veio do pai e outro da mãe.

Pág 44

LEITURA E ANÁLISE DE TEXTO

1: Não, a maior parte das mulheres apresenta dois alelos iguais para o vermelho comum.
2: Sim, mas apenas uma versão dessa alela.
3: O alelo vermelho-laranja é uma grande variação do alelo que codifica para o pigmento responsável pela absorção do vermelho. Essa variação origina-se por nutrição, ou seja, uma atração ou DNA.
4: A frase está incorreta, pois o texto afirma que 40% das mulheres apresentam um pigmento a mais que lhes permite distinguir melhor as cores.

Pág 45

1: Nenhuma, pois eles herdariam o cromossomo Y do pai. Os cromossomos X de cada um deles seriam provenientes da mãe.
2: Da sua mãe.
3 Carlos-Nula pois ele envia cromossomos Y. Beatriz – 100% pois ele envia cromossomo X.
4: Só se recebeu outro cromossomo X com esse alelo de sua mãe.
5: Pedro, Paulo, José, Rafael e Carlos. Apenas os homens descendentes de João.

Págs 46/47 e 48.

VOCÊ APRENDEU?

1: (c)
2: (d)
3; (a): O pai, pois os homens podem produzir dois tipos de espermatozóides. Os portadores de X, que dão origem as meninas e os portadores de Y, a meninos. A mãe produz gametas iguais, produtores do cromossomo X.
(b): O gene da hemofilia é ligado ao cromossomo X, que um homem herda de sua mãe. Filhos homens herdam do pai o cromossomo sexual Y.
4;(a): A probabilidade de Pedro ter herdado daltonismo do pai é zero, porque ele recebe do pai o cromossomo Y.
(b): O homem, sendo homozigoto, é daltônico quando apresenta o genótipo XdY.

Volume 3
(em breve)

Volume 4

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 1

TESTE DE IDENTIFICAÇÃO PELO DNA

Para começo de conversa

Páginas 3 – 4

1. Resposta pessoal, na qual se espera que o aluno comente seu conhecimento sobre a

técnica de identificação por DNA, estabelecendo, por exemplo, que os DNAs dos

envolvidos são, de alguma maneira, comparados.

2. Respostas pessoais. Porém, espera-se que alguns alunos comentem sobre notícias na

televisão, programas semanais e reportagens em jornais e revistas. Sobre os

materiais, é esperado que os alunos citem sangue, cabelo e sêmen, por exemplo.

Medindo fragmentos de DNA

Página 7

• Nessa técnica, um tipo de gelatina (gel) é utilizado como suporte para separar

fragmentos de DNA de acordo com seu tamanho. Para isso, é produzido um campo

elétrico com polos elétricos sendo colocados nas extremidades do gel (a camada de

gelatina). Os fragmentos de DNA são posicionados próximos ao polo negativo e,

quando a corrente elétrica é acionada, os fragmentos migram para o polo positivo.

Mas, para isso, devem atravessar o gel, que é rico em fibras que dificultam a

passagem do DNA. Os fragmentos menores apresentam maior facilidade para

ultrapassar essas barreiras, chegando antes ao polo positivo. Dessa forma, os

fragmentos de DNA são separados de acordo com seu tamanho.

1

GABARITO

Páginas 9 – 10

Caderno do Aluno

Biologia – 2a série – Volume 4

1. 5, 10, 13, 14 e 23.

2. 12, 19 e 34.

2

GABARITO

Caderno do Aluno

Biologia – 2a série – Volume 4

3. Bentinho.

4. Bentinho

5. Espera-se que os alunos organizem uma história que retrate os personagens da obra

de Machado de Assis. O teste de DNA deve ser um elemento a mais que permitirá

solucionar o caso.

Página 11

1.

Extração: processo pelo qual se isola o DNA de uma amostra através do rompimento

das células.

Quantificação: processo de medição da concentração do DNA, normalmente por

espectrofotometria.

A amplificação é, normalmente, feita pela técnica de PCR, reação em cadeia da

polimerase.

Separação: Eletroforese

Análise e interpretação: Comparação de padrões de bandas.

2. São enzimas (proteínas) que cortam o DNA em sequências específicas

(endonuclease). Algumas enzimas de restrição cortam a molécula de DNA deixando

pontas coesivas. Outras fazem corte cego, sem extremidades coesivas.

Páginas 12 – 14

1. Alternativa c.

2. Alternativa b.

3. Alternativa d.

3

GABARITO

Caderno do Aluno

Biologia – 2a série – Volume 4

4.

a) Falso, pois o exame é possível com o DNA de qualquer célula que o contenha.

b) Falso, pois ele deveria possuir todas as minhas bandas que não são semelhantes

às da minha mãe.

5.

a)

II, III e IV.

b) II e IV, pois existem filhos que não receberam nenhuma banda e aqueles que

receberam as duas bandas, uma de cada pai.

c) Banda A, pois percorreu uma distância maior. Considere que os segmentos

foram aplicados no polo negativo(-) e correram em direção ao polo positivo (+). Isso

porque a molécula de DNA, em solução aquosa, apresenta excesso de cargas

negativas.

6.

a) O cromossomo extra é de origem materna, pois a criança apresenta dois

cromossomos de origem materna e um de origem paterna.

b) A criança 2 (C 2) apresenta 2 cromossomos 21, um de origem paterna e outro de

origem materna. Assim, se pode concluir que ela não apresenta a síndrome.

c) A principal causa das trissomias é a não disjunção cromossômica durante a

meiose na formação dos gametas ou a não disjunção cromossômica durante as

primeiras mitoses do embrião. Em cerca de 85% dos casos de não disjunção

cromossômica, o problema ocorre durante a gametogênese feminina, devido,

principalmente, à idade materna.

Página 15

Criminalística:

• Identificação de suspeitos de crimes.

• Identificação de vítimas a partir de partes do corpo.

4

GABARITO

Caderno do Aluno

Biologia – 2a série – Volume 4

Crimes ambientais

• Diferenciar animais de cativeiro e silvestres.

• Identificar procedência de plantas, como por exemplo, a origem de cargas de

madeiras e animais.

Tráfico de animais silvestres

• Identificar reprodução em cativeiro.

• Diferenciar animais de cativeiro de animais silvestres

Pedigree de animais.

• Estabelecer grau de parentesco entre animais, por exemplo, entre cães, entre cavalos

e bovinos.

Doenças hereditárias

• Identificação de genes responsáveis por doenças hereditárias. Determinação da

probabilidade de uma pessoa vir a desenvolver uma doença hereditária.

Identificação de vírus e bactérias causadores de doenças

• Diagnóstico preciso dos causadores de doenças e possibilidade de tratamentos mais

efetivos.

5

GABARITO

Caderno do Aluno

Biologia – 2a série – Volume 4

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 2

COMO PRODUZIR UM TRANSGÊNICO?

Página 16

• Soja, algodão, milho transgênico.

• Hormônios, insulina e do crescimento.

• Anticorpos monoclonais.

• Vacinas.

Página 16

1. Milho e banana.

2. Não, pois no local da banana encontra-se uma espiga de milho.

3. Resposta pessoal. Porém, espera-se que os alunos apontem características típicas das

duas espécies, como os aspectos nutritivos delas e a proteção da casca da banana em

vez da casca do milho.

Páginas 17 – 18

1. Espera-se que os alunos relacionem o conceito de transgênicos com a possibilidade

de transferência de genes de uma espécie a outra, o que resultaria em novas

variedades, como a representada na imagem.

6

GABARITO

Caderno do Aluno

Biologia – 2a série – Volume 4

2. Uma possibilidade de resposta seria:

Formados por

Que contêm

Seres vivos

Células

Responsáveis por

Características
Biológicas

DNA

Apresenta

GENES

Cuja manipulação

Gera

OGM

Um tipo de

Transgênico

Páginas 19 – 20

1. O texto apresenta os transgênicos como fábricas de vacinas e produtores de

remédios.

2. Nos dois casos, os organismos transgênicos receberam genes de organismos de uma

espécie diferente e passaram a produzir uma proteína que pode ser muito útil à

humanidade.

Páginas 20 – 21

1. É importante que o texto apresente e descreva pelo menos as etapas 1, 2, 3 e 4 da

figura.

2. Os fragmentos de DNA de interesse são produzidos a partir de uma região do DNA

contendo as informações de interesse, que são isoladas utilizando-se enzimas de

restrição que permitem um corte específico.

3. Devido ao corte específico das enzimas de restrição, que separam tanto o DNA da

bactéria quanto o DNA de interesse e produzem extremidades coesivas.

4. Introduzindo esse DNA recombinante no interior de células que podem replicá-lo.

7

GABARITO

Caderno do Aluno

Biologia – 2a série – Volume 4

Páginas 22 – 23

1. O termo “código genético” aparece no texto para dizer que cada indivíduo possui

uma composição de alelos única para os mesmos genes da espécie. No entanto, esse

termo tem outro significado e refere-se à relação entre códons e aminoácidos durante

a tradução. O termo mais adequado, nesse caso, seria “genoma”.

2. Produção de alimentos transgênicos, melhoria da agricultura, terapia gênica.

3. Mesmo apresentando um parágrafo com possíveis ponderações sobre essa

tecnologia, o texto é extremamente favorável aos transgênicos.

Criação de um título

Páginas 23 – 26

Sugestões de títulos: Vacinas Transgênicas; Vacinas de DNA; Vírus do bem;

Transgênicos por todo lado.

1. O autor é favorável ao uso de transgênicos, pois apresenta, ao longo do texto, vários

benefícios gerados por essa tecnologia.

2. De acordo com o texto “Troca-troca genético”, o ser que recebeu o gene da proteína

seria um organismo transgênico. Fernando Reinach o chamou de “organismo

geneticamente modificado”.

3. O Brasil produz toda vacina que consome, não precisando importar esse material de

nenhum outro país.

4. Ele parece ser contrário, pois é irônico no último parágrafo do texto.

5. Troca-troca genético: apresenta o conceito de organismos transgênicos, como são

produzidos e quais suas possíveis utilizações.

Texto de Fernando Reinach: apresenta a produção da vacina anti-hepatite B como

uma grande inovação da ciência pelo uso de OGMs.

6. Resposta pessoal.

8

GABARITO

Caderno do Aluno

Biologia – 2a série – Volume 4

Páginas 26 – 27

• Espera-se que o aluno possa identificar e utilizar os argumentos favoráveis

apresentados pelo autor, assim como os aspectos negativos que julgar convenientes.

É importante que o aluno deixe claro o que são fatos, quais são as informações

fornecidas pelo autor (Fernando Reinach) e as suas opiniões próprias.

Páginas 28 – 30

1. Alternativa e.

2. Alternativa b.

3. Alternativa b.

4.

A resposta é pessoal, mas o critério para a correção é a argumentação baseada

em elementos da própria imagem. Provavelmente, o autor defende a ideia de que a

soja não pode ser plantada no ambiente antes da realização de testes de segurança.

Caso a liberação aconteça, talvez a fauna seja prejudicada. Podemos supor isso pelos

elementos diretos do texto e pela expressão dos animais e da planta, já que parecem

estar “bravos” uns com os outros.

5. Porque a capacidade da linhagem de cruzar com espécies selvagens é praticamente

inexistente.

9

GABARITO

Caderno do Aluno

Biologia – 2a série – Volume 4

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 3

DEBATE SOBRE TRANSGÊNICOS

Construindo argumentos e aprofundando o conhecimento

Páginas 31 – 34

• Empresa de biotecnologia: Resposta pessoal. Porém, espera-se que os alunos

entendam que a empresa utiliza argumentos econômicos, tecnológicos e sociais

(custos, número de empregos, impostos pagos, desenvolvimento de tecnologia).

• Profissionais de saúde: Resposta pessoal. Porém, espera-se que os alunos produzam

argumentos substanciados em informações confiáveis, como

possíveis efeitos dos agrotóxicos e transgênicos à saúde, por exemplo.

• Setor agropecuário: Resposta pessoal. Porém, os alunos devem estar atentos às

questões econômicas, custo de produção e rendimentos, por exemplo.

• Poder público: Resposta pessoal. Porém, o poder público tem papel fiscalizador e

deve zelar pelo Estado e pela sociedade. Entre os argumentos possíveis estão o uso

de recursos públicos, o endividamento, a dependência dos produtores agrícolas e os

impactos sobre o meio ambiente.

Pesquisadores da área de ecologia: Resposta pessoal. Mas, devem chamar atenção

para o desequilíbrio ecológico, bioacumulação, extinção.

testes clínicos,

A carta de consenso elaborada pela turma

Páginas 34 – 35

• Resposta pessoal. Neste caso, devem prevalecer os argumentos mais consistentes,

aqueles que se baseiam em fontes fidedignas e que não expressam apenas a opinião

pessoal dos componentes do grupo.

10

GABARITO

Caderno do Aluno

Biologia – 2a série – Volume 4

Desafio!

Página 39

Exemplo de molécula de DNA montada com os nucleotídeos.

Exemplo de molécula de RNA complementar montada com os nucleotídeos.

About these ads
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: